Serra do Lopo (Extrema,MG,BR)

A Serra do Lopo é um fragmento montanhoso parcialmente isolado do complexo Mantiqueira, localizada no município de Extrema-MG, na divisa com Joanópolis-SP, tendo ao sul a represa de Jaraguá, ao norte a Serra de Itapeva, a leste Joanópolis e a oeste a Serra de Anhumas. Trate-se de um dos mais bonitos contrafortes da Mantiqueira.

Possui um complexo florestal interessante, pois preserva remanescentes da floresta atlântica montana, já que tem altitudes que variam de 900 a 1780 metros, altitude máxima esta no Pico do Cume ou Pedra do Cume, 22º54’15.32”S/46º20’40.28”O (foto1).

É um local muito propício ao turismo de observação da natureza, principalmente para a observação de aves, ou birdwatching, pois além da estrada principal que serve para a manutenção das torres de comunicação instaladas no alto da serra, a qual é utilizada também para acesso as Pedras: da Torre, das Cabras, das Flores, do Cume (também conhecido como Pico do Cume) e a Pedra do Lopo, estrada que percorre região densamente florestada. Há uma interessante trilha dentro da mata que leva a todas as citadas pedras (foto2).

Tanto a estrada quanto a trilha propiciam a oportunidade de observação de aves florestais como Chamaeza ruficauda (Tovaca-de-rabo-vermelha,Rufous-tailed Antthrush), Dysithamnus xanthopterus (Choquinha-de-asa-ferrugem; Rufous-backed Antvireo), entre outras.

Já, chegando a qualquer uma das referidas pedras, tem-se uma vista privilegiada da região, principalmente da mata do lado de Joanópolis (fotos 3 e 4). É possível então observar aves de altitude como Knipolegus nigerrimus (Maria-preta-de-garganta-vermelha; Velvety Black-Tyrant), bem como gaviões e andorinhões, estes últimos em evoluções espetaculares. Também é um local excelente para constatações de espécies por meio da vocalização, já que o silêncio propicia ouvir o canto de aves da mata abaixo, assim como a mata de altitude atrás do observador posicionado virado para Joanópolis.

Há, ainda, uma interessante e bela lagoa natural (foto5) no topo da serra (talvez apenas aumentada pelas mãos humanas), onde é fácil ver aves que a procuram para saciar a sede.

Deve-se registrar a ocorrência do macaco sauá ou guigó (Callicebus personatus), espécie ameaçada cuja vocalização é muito ouvida nas matas mais densas da serra.

Estivemos por duas vezes na Serra do Lopo ( 28 de outubro de 2006 e  05 de novembro de 2011) para observar aves, e constatamos em nossas poucas sete horas de observação 61 espécies (Lista de aves da Serra do Lopo), para um universo que calculamos em cerca de 220 espécies. O que indica que o local é excelente para a salutar e sustentável prática de observação de aves, ou birdwating, o que deve ser incentivado como fator preservacionista e econômico para esta belíssima serra.

por Antonio Silveira

———–

—————————

Antonio Silveira: 11/2/2012

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 20 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos

Notice: Undefined index: wpBannerizeStyleDefault in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-bannerize/Classes/wpBannerizeFrontend.php on line 43

Notice: Undefined variable: post in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-dynamic-meta-keyword-and-description-for-wordpress/wp-dynamic-meta-keyword-description.php on line 14

Notice: Trying to get property of non-object in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-dynamic-meta-keyword-and-description-for-wordpress/wp-dynamic-meta-keyword-description.php on line 14