Os ursos pardos (Grizzly) do Spasski River (Icy Strait Point), Alasca-EUA

Em viagem de cruzeiro pelo sudoeste do Alaska, EUA, estivemos (Antonio Silveira e Gianine Luiza) no dia 31 de agosto de 2010, na região de Icy Strait Point (fotos acima), onde paramos em complexo turístico próximo ao centro de Honnah, vilarejo de origem indígena de cerca de 600 habitantes. Hoje importante centro turístico que recebe turistas de todo o mundo. Chega-se apenas de navio e hidroavião. Aliás, os navios de cruzeiros são limitados a um por dia, para não gerar muito impacto ambiental.

Fizemos uma visita de 2:30 hs ao Spasski River (foto abaixo),  para observação de ursos pardos ou Grizzly Bear (Ursus arctos).


O local fica a alguns kilometros da vila de Honnah, onde se chega por estrada de terra (foto abaixo)

A região é espetacular, com áreas naturais de florestas em recomposição e com áreas abertas naturais com vegetação características de terra úmida, por onde caminharmos uns 500 metros sobre uma espécie de trilha coberta por madeira, em terreno alagadiço e vegetação baixa com árvores retorcidas (fotos abaixo).

Entramos na mata e em uma passarela de 400 metros de extensão e com cerca de 2 metros de altitude, paralela à beira do rio Spasski .

Assim, de pontos estratégicos pudemos ver o rio com milhares de salmões em frenética subida para desova (foto abaixo).

Mais acima do rio observamos uma ursa parda com três filhotes “pescando salmões”. A ursa pegava salmões e os deixavam feridos para os filhotes treinarem a caça (fotos abaixo)

Vimos uma águia careca ou Bald Eagle (Haliaeetus leucocephalus) pousada e muitas gaivotas (Larus sp) comendo os salmões.
“Emoldurava” esta cena fantástica o grito estranho do Corvo, Common Raven(Corvus corax), que dava sensação de primitivismo impressionante (foto abaixo tirada na vila, apenas para mostrar a espécie referida e comum na região).

Os grupos pequenos de turistas são guiados por guias especializados, que levam spray de pimenta contra ataques de ursos e pedem aos turistas para fazerem silêncio, pois adentrávamos a região protegida e com muitos ursos totalmente selvagens (foto abaixo).

Na volta ao passarmos com nosso ônibus sobre uma ponte sobre o Spasski River vimos um urso negro, Black Bear (Ursus americanus) “pescando salmão” (foto abaixo).

O lugar é de beleza indescritível e inesquecível.

por Antonio Silveira
Criador do Programa Ambiental: A Última Arca de Noé
www.aultimaarcadenoe.com.br

 

Página inserida  em 02 de novembro de 2010

 

 

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 20 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos

Warning: implode() [function.implode]: Invalid arguments passed in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-dynamic-meta-keyword-and-description-for-wordpress/wp-dynamic-meta-keyword-description.php on line 21