O caiçara

O CAIÇARA

Com  cigarro de palha na mão

E pé descalço no chão

Lá vai o caiçara andando

Com ar de pouco malandro

Seu dedão folgadão

Aperta a estrada

Mostrando jeitão

De quem não liga pra nada

Confiante no mar

Vai a rede puxando

E ” estorias ”  gabando

Até que uma araia

Raivosa morde sua mão

E o deixa de vergonha, todo vermelhão

——————————

Antonio Silveira, Paraty-RJ, 07 de janeiro de 1995.

(www.aultimaarcadenoe.com.br – Publicação on line em 03.4.2013)

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 25 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos