BIBLIOGRAFIA (Direito ambiental)

ACETI JR, Luiz Carlos. Direito Ambiental e Direito Empresarial. São Paulo: América Jurídica, 2002.

ALONSO JUNIOR, Hamilton. A competência jurisdicional na ação civil pública ambiental. Revista de Direito Ambiental, vol. 8.

ANDRADE, NELSON LUÍS SAMPAIO DE.1998. Consumo Sustentável. Revista da Associação Paulista do Ministério Público, nº 22, setembro.

ANDRADE, NELSON LUÍS SAMPAIO DE.1996. A Cobrança pelo Uso dos Recursos Hídricos. Direito Ambiental, nº 4, outubro-dezembro.

ANDRADE, NELSON LUÍS SAMPAIO DE. CARNEIRO, ANDRÉ LUÍS MACIEL .1997. O Ministério Público na Defesa dos Interesses Individuais Homogêneos Relativos o Meio Ambiente. Revista da Associação Paulista do Ministério Público, nº 1, janeiro.

ANTUNES, PAULO DE BESSA. 1990. Curso de Direito Ambiental. Rio de Janeiro. Renovar.

ANTUNES, PAULO DE BESSA. 1992. Curso de Direito Ambiental: doutrina, legislação e jurisprudência. 2ª ed. Rio de Janeiro. Renovar.

ANTUNES, Paulo de Bessa- Direito Ambiental, Rio de Janeiro, Lumen Juris, 1996.

ANTUNES, Paulo de Bessa. Proteção Ambiental nas Atividades de Exploração e Produção de Petróleo. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2003.

ARAÚJO, Ubiracy- Mineração e Garimpo- breves anotações. Revista de Direito Ambiental, n. 1, 1996.

ARMELIN, Donaldo.1992. Tutela jurisdicional do meio ambiente. Revista do Advogado. São Paulo,  n. 37.

ATHIAS, Jorge Alex Nunes.1993. Responsabilidade civil e meio ambiente- Breve panorama do direito brasileiro. Dano Ambiental: prevenção, reparação e repressão. São Paulo: RT .

ÁVILA, EDNA LEITE e ALMEIDA, F. MONTEIRO. 1992. O Estudo do impacto ambiental. Licenciamento, Responsabilidade Criminal. Revista do Ministério Público. Porto Alegre-RS. 27: 179/180.

AZEVEDO, ÁLVARO VILLAÇA. 1993. Proposta de Classificação da Responsabilidade Objetiva: Pura e Impura. São Paulo. Revista dos Tribunais, 698: 8/11.

AZEVEDO, Pedro Ubiratan Escorel de.1998. Indenização de áreas de interesse ambiental: pressupostos e critérios. Temas de direito ambiental e urbanístico. São Paulo: Max Limonad.

BAPTISTA, Fernando e LIMA, André- Licenciamento Ambiental e a Resolução CONAMA 237/97. Revista de Direito Ambiental, n.12, 1998.

BARROSO, Luís Roberto. A proteÇão do meio ambiente na Constituição Brasileira. Revista Forense, vol. 317

BARTH, Flávio T. 1994. A Nova Política Estadual de Recursos Hídricos e o Princípio Usuário-Pagador.
Instituto de Estudos Avançados. Coleção Documento, série Estudos Urbanos.

BECHARA, Erika. A proteção da fauna sob a ótica constitucional. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2003.

BENJAMIN, ANTONIO HERMAN V. 1987. Estudo do impacto ambiental e Ministério Público. 7º Congresso Nacional do Ministério Público, Belo Horizonte. AAMP/CONAMP.

BENJAMIN, ANTONIO HERMAN V. 1992. Os princípios do estudo do impacto ambiental como limites da discricionaridade administrativa. Rio de Janeiro. Revista Forense, p. 317:30.

BITTAR, CARLOS ALBERTO FILHO. 1993. Tutela do Meio Ambiente: A Legitimação Ativa do Cidadão Brasileiro. São Paulo. Revista dos Tribunais, 698: 13/16.

BITTAR FILHO, Carlos Alberto. Interesses Difusos in Revista dos Tribunais 782/ 739. São Paulo. Dezembro 2000.

BITTAR FILHO, Carlos Alberto.1994. Do dano moral coletivo no atual contexto jurídico brasileiro. Revista de direito do consumidor. São Paulo, . v. 2.

BITTAR FILHO, Carlos Alberto. The Protection of the Environment: a Must in the Modern World (coletânea de obras vencedoras do Second Writing Contest da Associação Alumni, 1989, 2 pp.; acervo da Biblioteca Central da FADUSP, protocolo de 27 de março de 2001);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto.Tutela do Meio Ambiente: a Legitimação Ativa do Cidadão Brasileiro (Revista dos Tribunais, volume 698, dezembro de 1993, pp. 12 – 16);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto.Do Dano Moral Coletivo no Atual Contexto Jurídico Brasileiro (Revista de Direito do Consumidor, volume 12, outubro – dezembro de 1994, pp. 44 – 62);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto.Ensaio Sintético sobre o Dano Ambiental (Informativo IBAP, ed. 27, 12 de dezembro de 1997, pp. 15 – 16);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto. O Dano Ambiental e seus Contornos na Atualidade (Boletim Informativo do Instituto Bonijuris, nº 335, 20 de abril de 1998, ano X, nº 11, pp. 4.116 – 4.118);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto A Lei Brasileira de Crimes Ambientais (Boletim Informativo do Instituto Bonijuris, nº 338, ano X, nº 14, 20 de maio de 1998, pp. 4.161 – 4.162);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto Pode a Coletividade Sofrer Dano Moral? (Repertório IOB de Jurisprudência, nº 15/96, 1ª quinzena de agosto de 1996, p. 271);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto Dano Ambiental é Dano Moral Coletivo (Jornal SOS Mata Atlântica, ano IX, nº 10, setor Opinião, outubro de 1996, p. 3);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto Preservação do Meio Ambiente no Brasil: Questão de Modernidade (Informativo Dinâmico IOB, ano XXI, edição 58, expedida em 14 de agosto de 1997, pp. 3 – 4);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto Dano Ambiental Potencial: uma Realidade no Direito Brasileiro (Repertório IOB de Jurisprudência, 2ª quinzena de agosto de 1997, nº 16/97, caderno 3, pp. 316 – 318);

BITTAR FILHO, Carlos Alberto O Meio Ambiente na Cidade de São Paulo do Final do Século XX (Informativo Dinâmico IOB, ano XXI, edição 74, expedida em 16 de outubro de 1997, pp. 2 – 3);

BOLOGNA, GIANFRANCO. 1990. Amazonas Adeus. Ed. Nova Fronteira.

BRASILEIRO BORGES, Roxana Cardoso. Função Ambiental da Propriedade Rural. São Paulo: LTr, 1999.

BRASILEIRO BORGES, Roxana Cardoso; VARELLA, Marcelo Dias orgs.). O novo em Direito Ambiental. Belo Horizonte: Del Rey. 1998.

CAPPELLI, SILVIA. 1992. O Estudo do Impacto Ambiental na realidade brasileira. Rio Grande do Sul. Revista do Ministério Público nº 27, p. 54.

CAPPELLI, SILVIA. Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica em Matéria Ambiental : uma necessária reflexão sobre o disposto no art. 225, § 3º da CF, RDA n 1, p. 100-106. Revista dos Tribunais.

CAMPOS, DIOGO LEITE. 1985. Ambiente e Responsabilidade Civil. Porto Alegre. Revista da Associação dos Juizes do RS, 33: 95/112.

CARVALHO FILHO, José dos Santos. Ação Civil Pública. 3ª ed., Rio de Janeiro, Renovar, 1991.

CAUBET, Christian Guy (Org.). O Tribunal da água. Casos e descasos. Florianópolis: Imprensa Universitária da UFSC; Fundação Água Viva. 1994. 399 p.

CERQUINHO, Maria Cuervo Silva Vaz- Do Impacto Ambiental, Revista dos Tribunais, vol. 637, 1988.

CLÁUDIO, CELINA F.BRAGANÇA ROSA. 1987. Implicação da avaliação de impacto ambiental. São Paulo. Ambiente – Revista – CETESB de Tecnologia, 1(3):162.

COIMBRA, JOSÉ ÁVILA DE AGUIAR. 1985. O outro lado do meio ambiente. São Paulo. CETESB, p. 177/179.

CRETELLA JÚNIOR, José. Do Tombamento no Direito Brasileiro in Revista da Faculdade de Direito da USP, São Paulo, 1975..

CRUZ, Branca Martins da. Responsabilidade civil pelo dano ecológico: alguns problemas. Revista de Direito Ambiental, vol. 5.

CUSTÓDIO, Helita Barreira. 1983. Responsabilidade Civil por danos ao meio ambiente. Tese de livre docência junto ao Departamento de Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, texto inédito,

CUSTÓDIO, HELITA BARREIRA. 1988. Avaliação do impacto ambiental no Direito Brasileiro. São Paulo. Revista de Direito Civil, p. 45:72.

CUSTÓDIO, Helita Barreira. 1988. Direito Ambiental Brasileiro e competência do Município. RT. São Paulo,  v. 629.

CUSTÓDIO, Helita Barreira. 1988. A avaliação de impacto ambiental no Direito Brasileiro. Revista de Direito Civil. São Paulo, . v. 5.

CUSTÓDIO, HELITA BARREIRA.1990. Avaliação de Custos Ambientais em Ações Jurídicas de Lesão ao Meio Ambiente. São Paulo. fev. Revista dos Tribunais nº 652, p 14-27

CUSTÓDIO, Helita Barreira. 1997. Agrotóxicos no sistema legal brasileiro. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: RT, . n. 8.

DAJOZ, ROGER. 1983. Ecologia Geral. Ec.Vozes. Rio de Janeiro.

DELA PERRIÈRE, A. R. B. & TROLLÉ, A. Aliments trasgéniques: des craintes révélatrices. Paris: Charles Léopold Mayer, 1998.

DERANI, Cristiane. Direito Ambiental Econômico. São Paulo, Max Lmonad, 1997.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Polícia do Meio Ambiente. Revista Forense, vol. 317.

DIAS, GENEBALDO FREIRE. 1992. Educação Ambiental : princípios e práticas. Ed.Gaia Ltda. São Paulo.

DINAMARCO, CANDIDO R. 1988.O Poder Judiciário e o Meio Ambiente. São Paulo. Revista dos Tribunais, 631: 24/28.

DOTTI, RENE ARIEL. 1990. O meio ambiente e a proteção penal. Revista dos Tribunais, 655:245-257.

DOURADO, MARIA CRISTINA. 1994. A Proteção Ambiental e a Nova Lei de Licitação e Contratos. São Paulo. Revista dos Tribunais, 710: 32/35.

EMBRAPA. Genebio, informativo da Embrapa em recursos genéticos e biotecnologia. Março, 1999, a. 1, n.2.

FARIAS, Paulo José Leite. Competência Federativa e proteção ambiental. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris, 1999.

FERRAZ, AUGUSTO MELLO DE CAMARGO E MILARÉ, EDIS, 1984 et al. A Ação Civil Pública e a Tutela Jurisdicional dos Interesses Difusos. São Paulo. Saraiva.

FERREIRA, AURÉLIO BUARQUE DE HOLANDA. 1ª edição. Nova Dicionário da Língua Portuguesa. Ed. Nova Fronteira.

FERREIIRA, IVETE SENISE. 1991. O Direito Penal Ambiental. Revista do Advogado p. 35/57

FINDLEY, BORGES W. 1987. Chernobyl e Poluição Nuclear. São Paulo. Justitia, 49(139)29-36.

FINK, DANIEL ROBERTO. 1993. Audiência Pública em Matéria Ambiental no Direito Brasileiro. 1993. São Paulo. Revista dos.Tribunais, 695: 264/268.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco. Associação Civil e interesses difusos no direito processual civil brasileiro. Dissertação de Mestrado (Direito). São Paulo: Pontifícia Universidade Católica, 1989.

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco. Os sindicatos e a defesa dos interesses difusos no direito processual civil brasileiro. São Paulo: RT, 1995. (Coleção Estudos de Direito do Processo Enrico Tulio Liebman, v. 31.).

FIORILLO, CELSO ANTONIO 1996 et al. Direito Ambiental Brasileiro. Belo Horizonte. Livraria Del Rey Editora.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco & RODRIGUES, Marcelo Abelha. Direito Ambiental e patrimônio genético. Belo Horizonte: Del Rey, 1996.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco; RODRIGUES, Marcelo Abelha & NERY, Rosa Maria Andrade. Direito Processual Ambiental Brasileiro. Belo Horizonte: Del Rey, 1996.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco & DIAFÉRIA, Adriana. Biodiversidade e patrimônio genético no Direito Ambiental Brasileiro. São Paulo: Max Limonad. 1999.

FRANCO, Marilena. Il diritto dell` ambiente lineamenti e materiali. Padova: Cedam, 1990.

FREITAS, GILBERTO PASSOS. 1981. Terrenos de Mangue – breves considerações sobre sua utilização. São Paulo. Justitia, 43(113):215-222.

FREITAS, Gilberto Passos de. POLUIÇÃO SONORA- aspectos legais. ColeÇão Temas de Meio Ambiente e Direito Ambiental. São Paulo: UNISANTA. 2002.

FREITAS, VLADIMIR PASSOS DE. 1990. O Magistrado e o Meio Ambiente. São Paulo. Revista dos Tribunais, 659:29/35.

FREITAS, Vladimir Passos de- Direito Administrativo e Meio Ambiente, Curitiba, Juruá, 1993.

FREITAS, Vladimir Passos de. 1995 Direito Administrativo e Meio Ambiente. 1 ed., 2 ti. Curitiba. Juruá.

FREITAS, Vladimir Passos de- A Constituição Federal e a Efetividade das Normas Ambientais, São Paulo, Revista dos Tribunais, 2000.

FREITAS, Vladimir Passos de & FREITAS, Gilberto Passos de. Crimes contra a natureza. 3ª ed., São Paulo, RT. 1992.

FRONTINI, PAULO SALVADOR. 1972. Crime Econômica por Meio da Empresa. Relevância da Omissão Causal. Revista de Direito Mercantil.

GOMES, LUÍS ROBERTO. O Ministério Público e o Controle da omissão Administrativa. São Paulo: Forense Universitária, 2003.

GRECO, Leonardo- Competências Constitucionais em Matéria Ambiental, Revista dos Tribunais, vol. 687, 1993.

KRELL, J. ANDREAS. 1994. A Posição dos Municípios Brasileiros no Sistema Nacional de Meio Ambiente (SISNAMA). São Paulo. Revista dos Tribunais, 709: 8/19.

LARCHER, WALTER. 1986. Ecofisiologia Vegetal. EPU. São Paulo.

LEITE, José Rubens Morato (org.). Inovações em Direito Ambiental. Florianópolis: Fundação Boiteux. 2000.

LEITE, José Rubens Morato & DANTAS, Marcelo Buzaglo (org.). Aspectos Processuais do Direito Ambiental. São Paulo: Forense, 2003.

LEITE, Marcelo. “Os genes da discórdia. Alimentos trangênicos no Brasil”. Política externa, v. 8, n.2, Setembro, 1999.

LEVAI, LAERTE FERNANDO 1960. Direito dos animais: o direito deles e o nosso direito sobre eles. Ed. Mantiqueira. Campos do Jordão.

LUCARELLI, FAVIO DUTRA. 1994. Responsabilidade Civil por Dano Ecológico. São Paulo. Revista dos Tribunais, 700: 8/26.

MACEDO, Paulo Emílio Vauthier Borges de. O papel das associações civis na defesa dos interesses difusos. In: OLIVEIRA JÚNIOR, José Alcebíades de; MORATO LEITE, José Rubens (orgs.). Cidadania coletiva. Florianópolis: Paralelo 27/ Curso de Pós Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina, 1996.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1980. Florestas de Preservação Permanente e o Código Florestal Brasileiro. São Paulo. Justitia, 42(109): 139-158.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1981. Flora. São Paulo. Justitia, 43(113):105-130.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1981.O conceito de fauna silvestre. Justitia. São Paulo, 43(103);105-130.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1982. Responsabilidade Civil- dano ecológico, processo civil dos poluidores, in Anais do III Simpósio Nacional de Direito do Meio Ambiente. São Paulo.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1986. Regulamentação do estudo de impacto ambiental. Porto Alegre. Mercado Aberto.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1987. Ação Civil Pública ( ambiente, consumidor, patrimônio cultural) e Tombamento. São Paulo. 2ª ed. Editora Revista dos Tribunais.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1991. Direito Ambiental Brasileiro. 3ª ed. São Paulo. Revista dos Tribunais.

MACHADO, PAULO AFONSO LEME. 1992. Direito Ambiental Brasileiro. 4ª ed. São Paulo. Malheiros Editores.

MAIO FILHO, ROBERTO. O lixo visto sob um outra ótica jurídica. Tese de doutorado apresentada na PUC/SP. 2005. Acesso: http://www.sapientia.pucsp.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1187

MALINCONICO, Carlo. I beni ambientali. Padova: Cedam, 1991. (Trattato di diritto amministrativo, v. 5).

MANCUSO, RODOLFO DE CAMARGO. 1989. Ação Civil Pública: em defesa do meio ambiente, patrimônio cultural e dos consumidores ( Lei 7.347/85 e legislação complementar ). São Paulo. Editora Revista dos Tribunais.

MANCUSO, RODOLFO DE CAMARGO.1992. Ação Civil Pública. 2ª ed. São Paulo. Revista dos Tribunais.

MANCUSO, RODOLFO DE CAMARGO. Interesses difusos: conceito e legitimação para agir. 3. Ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1994

MAGALHÃES, MARIA LUIZA FARO. 1992. Estudo de Impacto Ambiental. Revista do Ministério Público do Estado de Sergipe, 2: 27/28.

MARTINS, Renata de Freitas. 2002. Direito dos Animais. Revista Panorama da Justiça. Ano V. Nº 35.

MATTIO, José Alfredo. Reuso de água. Revista Meio Ambiente Industrial. Ed. Jul./Ago. 1999.

MAZZILLI, HUGO NIGRO. 1997. A Defesa dos Direitos Difusos em Juízo. 9ª ed. São Paulo. Saraiva.

MEIRELLES, HELY LOPES. 1986. A Proteção Ambiental e Ação Civil Pública. São Paulo. Revista dos Tribunais, 611: 7/13.

MIKKELSEN, T. R.; ANDERSEN, B. & JORGENSEN, R. B. The riek of crop trangene spread. Nature, 1996, 380:31.

MILARÉ, ÉDIS. 1985. Tutela Jurídica do Meio Ambiente. São Paulo. Justitia, 47(132):98-106.

MILARÉ, EDIS. 1987. O Ministério Público e a responsabilidade civil do profissional nas atividades modificadoras do meio ambiente. São Paulo. O Estado de S.Paulo, 25 de junho de 1987. Revista dos Tribunais, 623:31, Revista de Engenharia Sanitária, 26: 228.

MILARÉ, EDIS. 1988. A importância do Estudo de Impacto Ambiental. São Paulo. Revista dos Tribunais, 630:249. Justitia 141:16-30.

MILARÉ, EDIS.1988. Curadoria do Meio Ambiente. Cadernos Informativos da Associação Paulista dio Ministério Público. São Paulo. Edições APMP.

MILARÉ, ÉDIS. FERRAZ, ANTONIO A.M.DE CAMARGO.1986. Defesa Civil: Problemática da Ocupação das Encostas da Serra do Mar. São Paulo. Justitia, 50(142):50-66.

MILARÉ, ÉDIS. 1990. Legislação ambiental e participação comunitária. Justitia, 52(152):23-39 São Paulo.

MILARÉ, EDIS. 1990. A Ação Civil Pública na Nova Ordem Constitucional. São Paulo. Saraiva.

MILARÉ, EDIS. 1993.Estudo Prévio de Impacto Ambiental. São Paulo. Revista dos Tribunais.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1987. Interesses difusos: a ação civil pública e a Constituição. O Estado de São Paulo, 24.01.1987; Revista de Informação Legislativa. Brasília,  n. 94.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1988. A coisa julgada nas ações para tutela de interesses difusos. RT. São Paulo,  v. 631.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1989. A defesa do meio ambiente em juízo- O papel das associações e o problema dos resíduos nucleares e perigosos. RT. São Paulo, . v. 645.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1994. Fundamentos do Direito Ambiental no Brasil. RT. São Paulo,  v. 706.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1994. Inovações da jurisprudência em matéria ambiental. Revista Trimestral de Direito Público. São Paulo: Malheiros,  n. 8

MIRRA, ÁLVARO LUIZ VALERY. 1994. Fundamentos do Direito Ambiental no Brasil. São Paulo. Revista dos Tribunais, 706: 8/29.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1995. Limites e controle dos atos do Poder Público em matéria ambiental. Ação civil pública: Lei 7.347/85- Reminiscências e reflexões após dez anos de aplicação. Coord. Édis Milaré. São Paulo: RT.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1996. Princípios fundamentais do Direito Ambiental. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: RT, 1996. n. 2; Cidadania coletiva. Org. José Alcebíades de Oliveira Jr. e José Rubens Morato Leite. Florianópolis: Paralelo 27.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1998. Impacto Ambiental. Aspectos da legislação brasileira. São Paulo: Oliveira Mendes,

MIRRA, ÁLVARO LUIZ VALERY. 1998. Impacto ambiental. Aspectos da legislação brasileira. Ed. Oliveira Mendes. São Paulo.

MIRRA, Álvaro Luiz Valery. 1999. O problema do controle judicial das omissões estatais lesivas ao meio ambiente. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: RT,  n. 15.

MIRRA, Álavro Luiz Valery. 2002. Ação Civil Pública e a ReparaÇão do dano ao meio ambiente. Juarez de Oliveira: São Paulo, 2002.

MUKAI, TOSHIO. 1984. Aspectos jurídicos da proteção ambiental no Brasil. São Paulo. Justitia, 122.

MUKAI, TOSHIO. 1988. Responsabilidade Solidária da Administração por Danos ao Meio Ambiente. São Paulo. Justitia, 50(141):75-90.

MUKAI, TOSHIO. 1992. Direito Ambiental Sistematizado. 1ª ed. Rio de Janeiro. Forense Universitária.

MUNSON, A. “Genetically manipulated organisms: international policymaking and implications. Dans: Internarional Affairs, 1993, vol. 69, nº 03 (July): 497-506.

NATURE. “Long term effects of GM Crops Serves Up Food for Though”, Nature 24/04/1999, v. 398, p. 651-656.

NERY JÚNIOR, NELSON. 1993. A ação civil pública. Justitia, 45 (120): 79-88, jan/mar.

NERY JÚNIOR, NELSON. 1984. Responsabilidade civil por dano ecológico e ação civil pública. Justitia. 46 (126) : 168-189, jul/set.

NERY JÚNIOR, NELSON. 1993. O Ministério Público e a responsabilidade civil por dano ambiental. Justitia. 55 (161) : 61-83, jan/mar.

NEVES, Márcia C. A. Código de Águas. Organização dos textos, notas e índices. São Paulo: Ícone Editora Ltda. 1994. 143 p.

NOIVILLE, C. “Le droit: outil d` um développement responsable des OGM”in DE LA PERRIÈRE, A.. R. B. & TROILLÉ, A. Aliments transgéniques: des craintes révélatrices. Paris: Édition Charles Léopold Mayer, p. 89-100.

NOVAES, WASHINGTON. A Terra pede água. São Paulo. Revista Imprensa, 54: 21-23.

NUSDEO, FÁBIO. 1985. Desenvolvimento e Ecologia. São Paulo. Justitia, 47(128):52-59.

ODUM, EUGENE P. 1988. Ecologia. Ed.Guanabara S.A. Rio de Janeiro.

OLIVEIRA, Antônio Inagê de Assis- O Licenciamento Ambiental, São Paulo, Iglu Editora, 1999.

PATTI, Salvatore. La tutela civile dell` ambiente. Padova: Cedam, 1979.

PEREIRA, Rodrigo de Mesquita. A proteção Jurídica dos Recursos Hídricos. Aspectos legais e práticos. In: São Paulo (Estado). Ministério Público. Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente. Manual Prático da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.- 2ª ed. São Paulo: IMESP, 1999, p 241-260.

PEREIRA BARRETO, SILVIA RIBEIRO E CORREA, MARIA LÚCIA. O Município e a questão ambiental. Revista dos Tribunais 670/235

PIGRETTI, EDUARDO A. 1993. Derecho ambiental. Ediciones Depalma. Buenos Aires.

PIRES, Maria Coeli Simões. Da proteção ao patrimônio cultural, Belo Horizonte: Del Rey, 1994.

PRADE, Péricles. Conceito de interesses difusos. 2. Ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1992.

PRADO, LUIZ RÉGIS. Direito Penal Ambiental. 1992. Revista dos Tribunais.

PRIEUR, Michel. Droit de l` environnement. 3. Ed. Paris: Dalloz, 1996.

RAMOS, ANGEL.( Coordenação ) 1987. Dicionário de la Naturaleza: Hombre, Ecologia y paisage. Ed.Espasa-Calpe. Madrid.

RIBAS, Luiz Cesar.  Metodologia para avaliação de danos ambientais; o caso florestal. Revista de Direito Ambiental. São Paulo: RT, n. 4.

ROCHA, JOÃO CARLOS DE CARVALHO. 1992. Estudo Prévio de Impacto Ambiental-questões e perspectivas. Rio Grande do Sul. Revista do Ministério Público, nº 27: 151.

SANCHES, SYDNEY. 1994. O Poder Judiciário e a Tutela do Meio Ambiente. Revista Jurídica, v.42, nº 204 out. p 05-19. São Paulo. Porto Alegre.

SÁNCHEZ, Luis Enrique- Os papéis da avaliação de impacto ambiental. Revista de Direito Ambiental, n. 0.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1994. A biodiversidade da Terra e o desenvolvimento sustentável. Diadema Jornal. 13.11.94. Revista dos Tribunais 716/7, entre outras publicações.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1995. O Dia Mundial da Água e o colapso da hidrosfera. Diadema Jornal. 26.03.95, entre outras publicações. Consta nos Anais da Câmara Municipal de S. Paulo ( 28.03.95 ).

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1995. A participação da sociedade na problemática ambiental. Diadema Jornal. 21.05.95. Tribuna do Direito, agosto/95, entre outros.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1996. O Direito Ambiental e a participação da sociedade. Revista Direito Ambiental, julho/setembro. Editora Revista dos Tribunais

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1997. A Importância e a proteção Jurídica dos Manguezais. Revista Direito Ambiental, janeiro/março. Editora Revista dos Tribunais.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1997. Reserva Legal: Importância e Proteção Jurídica. Revista Direito Ambiental, outubro/dezembro. Editora Revista dos Tribunais, p. 136-138.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 1997. Biodiversidade e desenvolvimento sustentável. Revista Direito Ambiental, julho/setembro. Editora Revista dos Tribunais. p. 94-101

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 2000. Vida Selvagem: Importância e Proteção. Revista da Associação Paulista do Ministério Público, fevereiro/março, nº 31.

SANTOS, ANTONIO SILVEIRA R. DOS. 2000. Bioprospecção: importância e aspectos jurídicos. Tribuna do Direito, outubro ano 8 nº 90.

SEMA. Estudo de impacto ambiental – EIA, Relatório de impacto ambiental – RIMA, manual de orientação, São Paulo. Secretaria do Meio Ambiente.

SILVA, JOSÉ AFONSO. 1995. Direito Ambiental Constitucional. 2ª ed. São Paulo. Malheiros Editores Ltda

SILVA, JOSÉ AFONSO. 1997. Curso de Direito Constitucional Positivo. 14ª ed. São Paulo. Malheiros Editores Ltda

SIOLI, HARALD y otros . 1982. Ecologia y protección de la Naturaleza: conclussiones internacionales. Ed.Blume. Barcelona, vol.17.

STAURENGHI, ROSANGELA. Proteção Jurídica dos Mananciais. In: São Paulo (Estado). Ministério Público. Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente. Manual Prático da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente- 2ª ed. São Paulo: IMESP, 1999. P. 261-268.

TELLES, ANTONIO A. QUEIROZ. Tombamento e seu regime jurídico, São Paulo: Revista dos Trinunais, 1992.

TRINDADE, ANTÔNIO AUGUSTO CANÇADO. Direitos Humanos e meio Ambiente Paralelo dos sistemas de proteção internacional. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris. 1993.

TROPPMAIR, Helmut- Metodologias simples para pesquisar o meio ambiente. Rio Claro, 1988.

VALLE, CYRO EYER & LAGE, HENRIQUE. Meio Ambiente – Acidentes, lições, soluções. São Paulo: Senac, 2003.

VARELLA, MARCELO DIAS; FONTES, Eliana & ROCHA, Fernando Galvão da. Biossegurança e Biodiversidade: contexto científico e regulamentar. Belo Horizonte: Del Rey. 1999.

VEIGA, JOSÉ ELI DA. 1998 . Ciência Ambiental: Primeiros Mestrados. São Paulo. Annablume. Fapesp.

VENTURA, Vanderlei José- Legislação Federal sobre Meio Ambiente- Taubaté, Editora Vana, 1992.

WILSON, EDWARD O. 1994. Diversidade da vida. Cia.da Letras. São Paulo.

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 20 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos

Notice: Undefined index: wpBannerizeStyleDefault in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-bannerize/Classes/wpBannerizeFrontend.php on line 43

Notice: Undefined variable: post in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-dynamic-meta-keyword-and-description-for-wordpress/wp-dynamic-meta-keyword-description.php on line 14

Notice: Trying to get property of non-object in /home/storage/5/7c/30/aultimaarcadenoe/public_html/wp-content/plugins/wp-dynamic-meta-keyword-and-description-for-wordpress/wp-dynamic-meta-keyword-description.php on line 14