VELHO DA MONTANHA E A LANTANA

Velho e borboletas-ASilveira  Lantanas-JdBotanicoSP-BR-14-2-15-ASilveira

O VELHO DA MONTANHA E A LANTANA

Em uma belíssima floresta em montanha longínqua vivia um velho solitário.

Um eremita. Por abandono da sociedade? Ou por estar cansado da pobreza do espírito humano? Ninguém sabe.

Nas manhãs ensolaradas deixava as borboletas lamberem o sal do suor de suas pernas e braços. E assim passou anos alimentando-as e as admirando.

Em uma manhã de sol, o velho caiu morto.

Como era um homem muito bom, DEUS fez questão de buscá-lo.

Ao chegar deparou com a beleza do local e viu milhares de borboletas, uma das suas mais belas criações, sobre o corpo do eremita, lambendo o seu suor.

Em homenagem ao velho criou a LANTANA, a  flor que mais atrai borboletas.

Quando vejo “lantanas carregadas” de borboletas, lembro-me da “estória” do velho da montanha.

Antonio Silveira. 14 fevereiro de 2015.

——————

El VIEJO DE LA MONTAÑA Y LA LANTANA (en español en 28-8-2015)

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 20 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos
javaversion1