Divisão sistemática da fauna

Introdução
        Os seres vivos do nosso planeta dividem-se em dois grandes reinos:
Reino Vegetal
Reino Animal.

A sistemática de classificação dos seres vivos é a seguinte:
Reino
__Filos
___Subfilos
_____Superclasses
_______Classes
________Ordens
_________Famílias
__________Gêneros
___________Espécies

      Uma das coisas mais difíceis para os cientistas que estudam a fauna e flora é justamente a sua organização sistemática, ou seja fazer uma classificação.
      No caso estudaremos o mundo Animal.
      Os animais são classificados cientificamente utilizando-se a taxonomia que estuda morfologia e a anatomia, conhecida como sistemática tradicional.
      Há ainda os métodos bioquímicos modernos, que trabalham com a sistemática genética, utilizando os conhecimentos da biologia molecular, o que tem trazido muitas novidades em termos de classificação.

Nomenclatura
     Outra coisa interessante é como as espécies são nominadas, pois vejamos.
     Utilizando um nome genérico e um específico em latim, Lineu (1758) criou a sistemática de nomenclatura binominal para nomear as espécies animais e vegetais, dando origem ao nome científico pelo qual as espécies são conhecidas mundialmente.
Funciona assim: Turdus rufiventris (Sabiá-laranjeira)
     O primeiro nome (Turdus) é o do gênero. O segundo (rufiventris) é livre e representa alguma característica do animal, ou pode referir-se a um homenageado ou o local onde o animal foi descoberto.
     Os nomes populares são utilizados normalmente pelos leigos e variam muito de local para local para a mesma espécie, o que dificulta muitas vezes o reconhecimento. O ideal é fazer referência ao nome científico e o popular, ex: Turdus rufiventris, Sabiá-laranjeira.

Classificação dos Animais
      Calcula-se que existam na Terra cerca de 1,5 milhão de espécies de seres vivos, identificados, de forma que é quase impossível termos uma classificação que seja unânime e muito menos completa.
      Entretanto, tomando-se por base autores modernos, podemos apresentar a seguinte divisão sistemática (chegando até as ordens na maioria dos filos).

REINO PROTISTA (animais unicelulares, protozoários)

Subdivide-se em oito classes

REINO ANIMALIA (animais pluricelulares, metazoários)

Subdivide-se em vários filos, mas pela sua importância destacamos os seguintes:

Filo MOLLUSCA (moluscos)

Classes: Monophacophora, Polyplacophora, Aplacophora, Scaphopoda, Gastropoda (caramujos, caracóis e lesmas), Bivalva (mariscos e ostras),Cephalopoda (lulas, polvos e náutilos).

Filo ARTHROPODA (artrópodes)

Várias classes, entre elas:

Classe ARACNIDAE (aranhas, escorpiões etc)

Ordens: Acarine (carrapatos e ácaros), Amblltpygi, Araneae (aranhas), Opiliones (opiliões), Palpigrada, Pseudoscopionida (pseudos-escorpiões), Ricinulei, Scorpionida (escorpiões), Solpugida, Uropygi (escorpiões-vinagre)

Classe CRUSTACEA (caranguejos, siris etc)

Muitas Subclasses e ordens

Ordens (algumas): Diplostraca (pulgas-d’água), Isopoda (tatuzinho-de-quintal), Decapoda (lagostas, lagostins, caranguejos e siris)

Classe INSECTA (louva-deus, grilos etc)

Ordens: Protura, Collembola, Diplura, Tysanura (traça-de-livro), Odonata (libélulas), Ephemeroptera (efemeras), Orthoptera (baratas, gafanhotos, grilos etc) Dermaptera (lacraias), Plecoptera, Isoptera (cupins-termites), Embioptera (embiídeos), Mallophaga (piolhos-mastigantes), Anoplura (piolhos-sugadores), Psacoptera (corrodentia) piolhos-de-livros, Zoroptera, Hemptera (percevejos-verdadeiros), Homoptera (cigarras), Thysanoptera, Mecoptera, Neuruptera, Tricoptera, Veptoptera (mariposas, borboletas), Diptera (moscas e mosquitos), Siphonaptera (pulgas), Coleoptera (besouros), Strepsiptera, Hymenoptera (abelhas, formigas, vespas etc)

Filo CHORDATA (cordados)

Subfilo VERTEBRATA (vertebrados)

Superclasse PISCES (peixes)

Classe Placodermi - peixes arcaicos

Classe Chondrichthyes – peixes de esqueleto cartilaginoso

Ordens: Chimaeriformes, Chlamydoselachiformes, Chlamydoselachidae, Hexanchiformes, Hexanchidae, Squaliformes (cações, anequim), Rajiforme (raias, jamantas)

Classe Osteichthyes – peixes com esqueleto ósseo (mais de 30.000 esp.)

Ordens: Crossopterygii (celacanto); Dipnoi (peixes pulmonados); Polypteriformes; Acipenseriformes (ex. esturjão); Semionotiformes; Amiiformes; Elopiformes; Anguilliformes (Apodes-enguias, moréias); Notacanthiformes (peixes-elétricos, mares profundos); Notacanthus.; Clupeiformes (arenques, sardinhas); Salmoniformes (lúcios, salmões e trutas); Myctophiformes (peixes-lanternas); Cypriniformes (ex:carpas); Siluriformes (Nematognathi) (bagres); Percopsiformes (peixes de cavernas norte americanas); Batrachoidiformes (Haplodoci); Gobiescoiformes (Xenopterygii); Lophiiformes (Pediculati) (ex: peixe-pescador); Gadiformes –Anacanthini- (bacalhaus); Athriniformes (peixes-agulha, peixes-voadores); Beryciformes; Zeiformes; Lampridiformes; Gasterosteiformes; Synbranchiformes (muçum); Scorpaeniformes; Pegasiformes; Perciformes (percas) ; Pleuronectiformes (linguados); Tetraodontiformes (baiacus, peixe-cofre).

Superclasse TETRAPODA (vertebrados terrestres com 4 patas)

Classe AMPHIBIA (anfíbios)

Ordens: Anura (sapos e pererecas), Caudata (salamandras), Gymnophiona (cobras-cegas).

Classe REPTILINEA (répteis)

Ordens: Chelonia ou Testudinata (tartarugas, cágados e jabotis) ; Rhynchocephalia (tuataras), Squamata (lagartos e cobras); Crocodilia (crocodilos e jacarés).
Classe AVES (aves)

Ordens: Struthioniformes (avestruzes); Rheiniformes (emas,emus); Casyariiformes; Apterygiformes; Tinamiformes (macucos, nanbus etc); Sphenisciformes; Gaviiformes; Podicipediformes; Procellariiformes; Pelecaniformes; Ciconiiformes; Anseriformes; Falconiformes (falco~es, gaviões etc); Galliformes; Opisthocomiformes; Gruiformes; Charadriiformes; Columbiformes (pombas e rolas); Psittaciformes (araras, papagaios etc); Cuculiformes; Strigiformes (corujas); Caprimulgiformes (curiangos); Apodiformes; Colliformes; Trogoniformes (surucuás); Coraciiformes; Piciformes (pica-paus); Passeriformes (coleiras, pintassilgos etc).

Classe MAMMALIA (mamíferos)

Ordens: Monotrêmata (ornitorincos); Marsupialia (gambás etc); Insectivora (musaranhos e toupeiras); Macroscelidea; Dermoptera (lêmures-voadores); Chiroptera (morcegos); Scandentia; Primates (lêmures, macacos, monos e homem); Xenarthra (tamanduás, preguiças, tatus); Pholidota (pangolins); Lagomorpha (coelhos e lebres); Rodentia (ratos, esquilos, capivaras etc); Cetácea (baleias, golfinhos e botos); Carnivora (cães, gatos,onças, leões etc); Pinnipedia (focas e leões-marinhos); Tubulidentata (oricteropes); Proboscídea (elefantes); Hyracoidea (hyrax); Sirenia (manatis); Perissodactyla (ungulados de dedos impares-cavalos, asnos, antas, rinocerontes); Artiodactyla (ungulados de dedos pares- porcos-domésticos, javalis, hipopótamos etc).

por Antonio Silveira

Referências bibliográficas:

- CARRERA, Messias. Entomologia para você. Nobel. São Paulo.1989

- NOWAK, Ronald M. Walker’s Mammals of the World. The Johns Hopkins University Press, vol.II, 5ª ed., 1991.

- OTERO, Luiz Soledade. Borboletas. Livro do Naturalista. FAE. Rio de Janeiro.1986.

- STORNER, I. et al. Zoologia geral.Ed.Nacional.SP.6ª ed.1995 .

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 20 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos