Sací-pererê

SACÍ-PERERÊ

Moleque safado

Malandro danado

Que espanta o gado

E deixa caboclo cagado

Com uma perna só

E sempre a noite só

Dá certeiro nó

Na crina do eqüino só

Vive atazanando o cavaleiro

Com seu ar de gazeteiro

E jeito bem ” roleiro “

Com seu barrete vermelho

Anda em um só joelho

O temido fedelho

—————————

Antonio Silveira, 17 de janeiro de 1995.

Paraty – RJ

(www.aultimaarcadenoe.com.br – Publicação on line em 03.4.2013)

Temas Gerais

Temas Gerais Variados

Biblioteca

  • Atividades
  • Expediente
  • Mais de 25 anos de existência
  • Parceria / Apoio
  • Registros por espécie/Records by species
  • Sons da Natureza/Sounds of Nature
  • Videos